segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Pra sempre vou lembrar

Que você pediu
para eu não dizer "te amo"
E de quando você me disse "te amo"
pela primeira vez

Que você me ensinou
a cantar o amor
E a saudade me fez gritar
Me fez clamar por ti

Que foi com você
Que a praia ganhou mais significado
E que o mar ficou mais salgado
quando você partiu

Que com você eu me tornei homem
E por você chorei feito menino
Que ao seu lado
eu renascia a cada dia

Que ao dormir
Me sentia o cara mais feliz do mundo
Pra sempre vou lembrar de ti ao dormir,
Pois o meu travesseiro, era o seu!

2 comentários:

  1. Lindo, lindo e lindo... como você!
    Te amo!

    ResponderExcluir
  2. Uau! Haja declarações. rs De todos os tipos, claro. Velho, essa ficou de f... Pq os finais dessas poesias sempre mexem comigo?

    ResponderExcluir